Bem vindo

Olá,
neste espaço compartilharei minhas ideias, minhas propostas, um pouco da minha vida com vocês e diálogos sobre temas afetos a minha militância nos movimentos populares e sociais. Espero que gostem e nos ajudem na caminhada.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Mobilidade_2016_Terminal Campo Grande

O COMDEVIT - Conselho Metropolitano de Desenvolvimento da Grande Vitória abriu publicamente em 14 de dezembro os trabalhos para aplicação da Lei Federal 13.089/2015(Estatuto da Metrópole). Propondo uma agenda curta porém determinada pela lei geradora e que na verdade está a organização atrasada aproximadamente 30 anos.
A exigência estatuída é o Plano de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Vitória e sua elaboração necessita do engajamento de pessoas, grupos, movimentos, entidades... enfim de todos e de todas que se relacionam com as cidades de Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória. Essas cidades reúnem mais de 1,9 milhões de habitantes e que por várias necessidades e ou desejos circulam nesse complexo território denominado Região Metropolitana da Grande Vitória - RMGV.
A Mobilidade Urbana integra a lista dos quatro fios condutores que serão discutidos. Portanto, tudo que dispormos como contribuição aos debates devem ser de conhecimento de interessados(as). Deixo aqui uma cena que pela sua duração não exigiria grandes esforços, mas é pano de fundo e profícuo ao tema. Peço quem dele tome "conhecimento" pensar local e decidir metropolitanamente nas etapas vindouras com prazo de conclusão para novembro de 2017 na Conferência Metropolitana.


Desenvolvimento Metropolitano e Estatuto da Metrópole

O COMDEVIT - Conselho Metropolitano de Desenvolvimento da Grande Vitória abriu publicamente em 14 de dezembro os trabalhos para aplicação da Lei Federal 13.089/2015(Estatuto da Metrópole). Propondo uma agenda curta porém determinada pela lei geradora e que na verdade está a organização atrasada aproximadamente 30 anos. A exigência estatuída é o Plano de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Vitória e sua elaboração necessita do engajamento de pessoas, grupos, movimentos, entidades... enfim de todos e de todas que se relacionam com as cidades de Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória. Essas cidades reúnem mais de 1,9 milhões de habitantes e que por várias necessidades e ou desejos circulam nesse complexo território denominado Região Metropolitana da Grande Vitória - RMGV. A Mobilidade Urbana integra a lista dos quatro fios condutores que serão discutidos. Portanto, tudo que dispormos como contribuição aos debates devem ser de conhecimento de interessados(as). Deixo aqui uma cena que pela sua duração não exigiria grandes esforços, mas é pano de fundo e profícuo ao tema. Peço quem dele tome "conhecimento" pensar local e decidir metropolitanamente nas etapas vindouras com prazo de conclusão para novembro de 2017 na Conferência Metropolitana. https://www.youtube.com/watch?v=XyNXaWI40zM

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

domingo, 4 de dezembro de 2016

terça-feira, 25 de outubro de 2016

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

O país dos doutores !!!

Debatendo a Educação: O país dos doutores !!!: Durante o governo de FHC houve um aumento de 16 mil novos doutores e mestres em nosso imenso Brasil. Durante o governo de Luiz Inácio Lu...

sábado, 15 de outubro de 2016

Dia da Professora e do Professor

Em tempos de ultraje a liberdade de expressão e a consecução de “parâmetros” num positivismo neoclássico segue com carinho à Classe minha singela reflexão.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Cariacica e o risco geológico

O risco geológico em Cariacica é uma realidade. Esse fator tratado como desastre por gestores é na verdade falta de planejamento, é as vezes prioridade condicional e é (in)competência. Embora a Cidade não disponha de um Plano Municipal de Redução de Riscos – PMRR temos dados da Defesa Civil Nacional que afirmavam em 2014 que 24.115 pessoas estavam vulneráveis ao deslizamento de solo e rocha – queda de barreira. Em tempo: há registros de óbitos em desastres dessa natureza. Considerando que nos aproximamos do verão(estação das chuvas) pergunta-se: 1) O total de pessoas expostas ao risco mantém-se, diminuiu ou aumentou? 2) Quais intervenções para reduzir a zero o total de pessoas atingidas estarão no Planejamento Estratégico de Governo? Manifeste-se Marcelo Santos e Juninho

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Processos Produtivos e Consumo Sustentável

Os grandes projetos de “desenvolvimento” abarcados por governantes para evoluírem na arrecadação na prática atentam até contra a vida das pessoas. Essa evidência arrasta-se anos afins. Participei da 1ª. Conferência Nacional de Saúde Ambiental realizada em Brasília no ano de 2009, e como sempre minha conduta e meu zelo em cuidar do outro me levou a defender em plenário a proposição abaixo. Aprovada virou resolução. Hoje pelas mudanças propostas apresentadas pelo governo ilegítimo atenta gravemente contra as pessoas. 1ª. CNSA Eixo: PROCESSOS PRODUTIVOS E CONSUMO SUSTENTÁVEL Mudança no modelo de desenvolvimento econômico de modo a promover a qualidade de vida e a preservação do ambiente, e a saúde desta e das futuras gerações com a proteção da agrobiodiversidade e da biodiversidade urbana e rural, visando à sustentabilidade socioambiental responsável. Ação 2: Rever o modelo de produção atual dos projetos de infraestrutura, do setor industrial, agrícola e extrativista mineral, vegetal e animal, garantindo de forma sustentável a geração de renda e qualidade de vida, aumentando o rigor no processo de licenciamento, implantação, avaliação e monitoramento de indústrias e exploração de bens naturais, e com especial atenção aos empreendimentos de grande impacto ambiental e social, fortalecendo modelos de produção que promovam a qualidade de vida, a fim de superar as desigualdades étnicas e socioeconômicas, com o reconhecimento de áreas prestadoras de serviços ambientais.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Saneamento Básico: Bacia do Rio Bubu/Cariacica

O Rio Bubu, doravante chamado de Cariacica, drena uma área de aproximados 42 km², estando totalmente inserida no município de Cariacica. A bacia hidrográfica apresenta um coeficiente de compacidade (CC) de igual a 2,40, um fator de forma (FF) igual a 0,13, uma declividade média de 27% e um tempo de concentração (Tc) estimado pela metodologia de Kirpich de 143min (Tc=2h23min). Sua nascente encontra-se localizada próxima a nascente do Córrego Roda d’Água (tributário do Rio Formate), ao leste da localidade de Trincheira, em altitudes de cerca de 700 m, percorrendo uma extensão total de mais de 18,0 km até seu deságue em área de mangue da Baia de Cariacica(Vitória). Domingo passado meu amigo Francisco Candeia e eu nos deslocando para o bairro Prolar e saindo de Flexal 2 pudemos contemplar a paisagem Divinal que é o Rio Bubu. Pena que é judiado e envenenado pela falta de implementação do Plano Diretor de Esgoto Doméstico. Controle Social em Sustentabilidade: exercite! Eu tô nessa!

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Quem elege quem?

CARLOS - Professor de Geografia: Quem elege quem?: Cada vez que termina uma eleição sempre ouço de várias pessoas as seguintes perguntas: Por que elegem quase sempre os mesmos candidatos? Co...

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

terça-feira, 9 de agosto de 2016

A moderna economia brasileira!

CARLOS - Professor de Geografia: A moderna economia brasileira!: Os economistas sonham, em seus cálculos, uma produção voltada para custo zero. Tentam a todo custo controlar o Estado e suas leis para con...

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

segunda-feira, 18 de julho de 2016

sábado, 16 de julho de 2016

A Cartilha do ABC está na Moda

Estamos vivendo novamente a sazonalidade da captação de votos aos cargos eletivos públicos de Prefeito e Vereador, que pelo menos para Vereador encerrar-se-á no dia 2 de outubro. As duas escolhas devem sensibilizar cidadãos e cidadãs cariaciquenses pelas atribuições inerentes aos cargos em disputa a partir de 16 de agosto. Pois as escolhidas e os escolhidos devem conhecer com muita propriedade seu conjunto de atribuições que deverão ser executados entre 2017 e 2020, inclusive. Lembro-me que quando aluno na EMEF Stélida Dias cursando as primeiras séries do Ensino Fundamental cantávamos em sala sempre esse refrão: “o A, E. I, O, U vamos todos aprender/ soletrando Be a Bá na Cartilha do ABC...”. Resumo da Ópera: o aprendizado é sincronizado e sistêmico, obedece uma ordem com grau de dificuldades e é ad eterno. Testifico isso ao reportar-me da minha infância e que certamente foi igual à de muitos e de muitas que acompanham o presente registro. Como sujeitos compreendemos o aprendizado uma exclusividade ao homem e a mulher. Daí a menor renúncia dessa compreensão às escolhas poderá causar danos coletivos irreversíveis. No período entre 16 de agosto a 1 de outubro do ano em curso nós seremos provocados ao esquecimento do aprendizado por alguns candidatos e algumas candidatas, e não importa qual cargo estarão concorrendo. Contribuo a partir deste parágrafo com uma reflexão que é concebida daquele aprendizado que acumulei ao acessar a Cartilha do ABC, pois está na moda. 46% do território municipal é o Perímetro Urbano e próximo de 11mil pessoas habitam o Perímetro Rural. Obviamente que investimentos públicos na cidade de Cariacica é retorno garantido. Colabora com esse entendimento a imagem anexa que expõe que a densidade demográfica do município é altíssima. Mesmo assim o município é preterido quanto aos investimentos aportados pelo Palácio Anchieta ao longo da emancipação. Por isso a(o ) ocupante do cargo de Chefe do Poder Executivo no próximo mandato deverá dizer em alto e bom som aos donos e as donas dos votos - não importa se Agricultor Familiar ou ocupante de função em outros arranjos produtivos – onde investirá o total de recursos arrecadados.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

OS IMPOSTOS E OS EMPRÉSTIMOS

CARLOS - Professor de Geografia: OS IMPOSTOS E OS EMPRÉSTIMOS: Todo cidadão esclarecido sabe que os impostos são pagos pelas pessoas quando compram algum produto ou consomem algum serviço. É comum ve...

quarta-feira, 22 de junho de 2016

A Função Social da Cidade e da Propriedade

Os cidadãos e as cidadãs residentes nos municípios que realizaram ou realizarão a Etapa Municipal à 6ª Conferência Estadual das Cidade do Espírito Santo sabem muito bem quão desafiador e espinhoso é o tema. Mas atores no Controle Social pelo Direito à Cidade perenizarão na causa.

sábado, 28 de maio de 2016

sexta-feira, 22 de abril de 2016

DIA DA TERRA

Aos Terráqueos e às Terráqueas nossas necessárias e profundas reflexões sobre a Casa Comum

A descoberta do Brasil!

CARLOS - Professor de Geografia: A descoberta do Brasil !: Ainda é comum encontrarmos, nos livros didáticos, que o Brasil foi descoberto no dia 22 de abril de 1500 (século XVI). Nossos professore...

sexta-feira, 8 de abril de 2016

terça-feira, 5 de abril de 2016

O FIM DA PICADA

CARLOS - Professor de Geografia: O FIM DA PICADA: Jornal do Brasil - Se não falham os estudiosos, a expressão “o fim da picada”, deriva da situação em que se encontra, de repente, o suj...

domingo, 27 de março de 2016

quarta-feira, 23 de março de 2016

segunda-feira, 7 de março de 2016

quarta-feira, 2 de março de 2016

Os alimentos que compramos!

Debatendo a Educação: Os alimentos que compramos!: Cada vez mais se critica a alimentação nossa de cada dia. Não é pra menos, somos o maior consumidor de agrotóxicos do planeta (cinco litr...

terça-feira, 1 de março de 2016

O Rio Doce azedou

CARLOS - Professor de Geografia: O Rio Doce azedou: As 735 barragens de Minas Gerais são verdadeiras bombas-relógio prestes a detonar a qualquer momento. Há 377 mil nascentes na Bacia ...